Obesidade, seus riscos e como se livrar dela

obesidadeQualquer pessoa adulta no mundo já ouviu falar sobre a obesidade e não há quem não a tema. Essa doença é caracterizada pelo excesso de gordura corporal. Quando esta é responsável por 20% ou mais do peso da pessoa, ela pode se considerar obesa.

Existem vários níveis de obesidade e você pode calcular se é obeso ou não através do seu IMC. A forma de calcular está nesse post aqui. Lá você também encontra a tabela que vai dizer sua situação. Caso você esteja obeso, precisa saber se a obesidade é nível 1, 2 ou 3. A obesidade 2 também é chamada de obesidade severa e a nível 3 é conhecida como obesidade mórbida e é a mais difícil de ser tratada.

Causas da obesidade

Muitas são as causas da obesidade, mas a principal delas é a ingestão de calorias muito acima da queima. A dieta de um ser humano comum é de aproximadamente 2 mil calorias por dia. Essa quantidade é suficiente para suprir as necessidades básicas e atividade física moderada.

Quando a pessoa consome muito mais que isso e é totalmente sedentária as calorias não são consumidas pelo corpo e viram gordura se acumulando sob a pele e nas vísceras. Existem vários locais em que a gordura se acumula e dependendo do local é muito difícil de ser eliminada.

obesidade

Nem sempre o gasto calórico abaixo do esperado está totalmente ligado com o sedentarismo. Em alguns casos, doenças causam a diminuição do metabolismo, assim, por mais que se faça atividade física, o gasto não é o esperado e a pessoa não emagrece.

Adequar a dieta é uma das formas mais eficazes de não ganhar peso, mas o corpo tem as necessidades diárias de micro e de macronutrientes, essas necessidades são acompanhadas de um consumo de calorias que precisa ser gasto. No caso de doenças que reduzem o metabolismo, a obesidade é ainda mais facilmente adquirida.

Consequências da obesidade

Os obesos são mais propensos a doenças como diabetes do tipo 2, ou seja, aquela que é adquirida, pressão alta, doenças de coração, entre outras. Algumas doenças são provenientes do excesso de peso em si. Essas são doenças nas articulações como a artrite, a artrose e até condições que não são enfermidades em si, mas afetam a qualidade de vida do indivíduo como: cansaço excessivo, dificuldade nos movimentos que resultam numa perda da autonomia, etc.

O excesso de gordura também pode causar pedras na vesícula, refluxos e até tumores. A depressão é comumente observada em pessoas obesas devido à insatisfação com o corpo e também ainda especula-se que algumas toxinas que acabam circulando de forma inadequada no corpo podem ir para o cérebro e causar a depressão.

Como tratar a obesidade – exercícios

As primeiras atitudes a serem tomadas para evitar e tratar a obesidade é praticar atividades físicas frequentemente e manter uma dieta equilibrada. Se você já tem predisposição a desenvolver a obesidade devido a fatores genéticos, ou se já está obeso, apenas uma hora por dia três vezes por semana não será suficiente.

obesidade

Você vai precisar se exercitar todos os dias e de preferência de forma intensa. Os exercícios localizados não são os mais indicados para quem quer emagrecer. Procure focar em exercícios aeróbicos e faça os localizados apenas como complemento.

Os treinos HIIT são ótimos para quem quer emagrecer mais rápido. Mas se você está começando agora, talvez prefira exercícios com um intensidade menor como hidroginástica ou exercícios que você pode fazer em casa. Depois de já ter conseguido emagrecer tudo o que você precisa, você vai precisar manter o peso. Um corpo com mais músculos, consome mais calorias, sendo assim, essa será a hora para os exercícios localizados.

Musculação é uma ótima forma de ganhar massa muscular. Os abdominais não queimam gordura, mas ajudam a mantê-la longe da sua barriga. Também não se esqueça de fazer exercícios de alongamento sempre que for se exercitar.

Como tratar a obesidade – alimentação

Além dos exercícios, a alimentação também deve ser saudável para acabar com a obesidade. Existem várias dietas ótimas, mas a dieta dos pontos é uma das melhores. Uma forma ótima de emagrecer comendo é dar preferência aos alimentos com calorias negativas.

obesidade

A suplementação alimentar pode te ajudar a queimar gordura também. Já os sucos detox vão fazer com que seu corpo trabalhe melhor e assim elimine de forma mais eficiente as toxinas. Caso você não tenha tempo de preparar seu suco detox ou comprar os ingredientes certo, o Makee Clean é uma ótima opção.

Não se esqueça de que a obesidade é uma doença. Como tal, ela deve ser tratada por um especialista. Procure um endocrinologista para te ajudar a eliminar esse problema da sua vida.

Se você gostou desse texto, compartilhe com seus amigos. Não deixe de assinar nossa Newsletter para receber as novidades do Doce como Mel no seu email. Abaixo seguem mais alguns posts que você deve gostar:

Emagreça com o Dr. Rocha

Óleo de cártamo emagrece

Goji Berry e seus benefícios

The following two tabs change content below.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.