Amamentação, tudo o que não te contaram (Parte 1)

Todo mundo fala que amamentar é uma delícia e é mesmo, poucas mães discordam, mas tem uma coisa que poucas pessoas falam quando se trata de amamentação: não é nada fácil amamentar. Mas você não pode desistir, afinal o mais saudável para o seu filho é que ele se alimente exclusivamente do seu leite até os 6 meses de idade.

amamentaçãoOs primeiros dias são muito difíceis principalmente se o parto tiver sido cesária. Existe essa diferença porque o reflexo de sucção do bebê vai diminuindo conforme o tempo passa depois que ele nasce e isso atrapalha muito a amamentação.

Quando o parto é normal, o bebê vem para o peito logo que nasce, mas na cesariana tanto a mãe quanto o bebê estão meio anestesiados então a amamentação não acontece tão rápido então o bebê vai perdendo o reflexo de sucção. Vou falar mais das diferenças dos partos em outro post.

Problemas na amamentação

Existem alguns problemas que podem surgir na hora da amamentação, mas tenha calma, a chance de você conseguir amamentar é quase 100%, ainda mais se você ler esse texto com atenção. Abaixo vou citar os problemas mais comuns que acontecem durante a amamentação e vou falar um pouquinho de cada um.

A mamãe acha que não tem leite

Muitas mulheres acham que não têm leite, primeiro porque elas não o veem na hora da amamentação, segundo porque só veem o colostro e terceiro porque não houve o estímulo correto. É bom que você saiba que o mais comum é só sair colostro nos primeiros dias e ele alimenta o recém-nascido, não é necessário oferecer leite artificial nesse caso. O leite mesmo demora de 3 a 5 dias para descer e isso não atrapalha em nada a amamentação.

É muito difícil acontecer de uma mulher não ter leite, qualquer mulher saudável tem condições de amamentar, na maioria das vezes o problema é falta de estímulo já que o bebê não consegue pegar e a mamãe não tem prática ou não tem ninguém para ajudá-la com isso.

Tente usar uma bombinha tira leite ou tentar fazer a ordenha manual, estimule o seu seio com massagens fazendo leves pressões em direção ao bico. No vídeo abaixo você vai ver a utilização de uma bombinha tira leite, ela pode te ajudar muito:

A mamãe acha que o leite é fraco e a amamentação não está alimentando o bebê

Essa história de leite fraco é uma droga, provavelmente você não tirou isso da sua cabeça, não é mesmo? Alguém deve estar no seu ouvido falando: “o bebê tá com fome” ou então “só o leite não alimenta” ou “dá uma mamadeira que vai dormir a noite toda”.

Aqui está um texto com vários motivos que levam o bebê ao choro: 10 coisas que fazem o bebê chorar

Às vezes a pessoa não fala com má intenção, pelo contrário, fala para ajudar, principalmente se for alguma mulher mais velha. Antigamente não havia essa orientação da amamentação exclusiva, então as mulheres davam até mingau doce para os recém-nascidos 😮

Mas já foi comprovado que não existe leite fraco, mesmo aquelas mulheres que passam fome naqueles países super pobres têm condições de amamentar e o leite delas não é fraco. Nosso corpo é perfeito, mesmo que a mulher não tenha uma nutrição adequada, a amamentação é possível e mesmo assim mais indicada que o complemento.

O que pode acontecer é o seu leite ser pouco (ainda), mas isso você pode contornar. E digo como no próximo texto, mas primeiro vou terminar de falar sobre “o leite fraco”. Eu sei que se você é mamãe de primeira viagem você está com medo do seu filho não estar sendo alimentado então por isso eu vou te dar uma sugestão.

Faça o teste do complemento! É o seguinte, se você já percebeu que seu filho está mamando direitinho, pega no peito certinho e puxa bastante, fica pelo menos 15 minutos mamando, mas mesmo assim você acha que ele chora muito (futuramente vou escrever um post sobre o choro do bebê) e que está com fome, ofereça a ele um pouco de complemento  logo depois de terminar a amamentação, assim que ele parar de mamar.

Eu fiz esse teste sem querer com a Mel e só fui entender o que tinha acontecido meses depois. Foi o seguinte, na maternidade ainda, logo no segundo dia de vida, chegava a noite e a Mel chorava tudo o que ela não tinha chorado durante o dia, eu falei com a enfermeira que eu achava que ela não tinha mamado direito então ela disse que ia trazer o leite artificial para dar a ela.

Como a Mel só se calava se estivesse no peito, logo depois que ela saiu do peito e começou a chorar, a enfermeira deu o complemento e ela cuspiu, isso mesmo, ela não quis, cuspiu e o pouquinho que tomou regurgitou logo em seguida… isso não foi uma vez só. O que isso quer dizer, minhas amigas? Que ela estava de barriguinha cheia! =D E olha que eu não tinha o leite ainda, estava no colostro.

Acabou que me empolguei (amo falar sobre as minhas experiências da maternidade 😉 ) e esse texto sobre amamentação vai parar por aqui porque ele já está enoooorme. Mas aqui você encontra a continuação desse texto: Amamentação parte 2. Nele eu falo sobre os bebês que não conseguem pegar o peito, ou aqueles que não pegam corretamente, sobre o bebê que mais mama do que dorme e tudo mais.

Atualização em 09/06/15: Essa série acabou ficando com 3 posts, veja aqui Amamentação parte 3.

Fica ligadinha no Doce como Mel que aqui você fica por dentro de tudo dessa fase maravilhosa que é a maternidade.

Ainda tá gravidinha, então você deve gostar desse texto aqui: Alimentação na gravidez

Se você ainda está na fase da tentativa, dá uma olhadinha nesse: Tentando engravidar

The following two tabs change content below.
Mãe em tempo integral da Mel. Escrevo há dois anos sobre maternidade, cabelos cacheados, saúde, emagrecimento, turismo e tudo o que pode te ajudar a viver melhor. Sempre com informações verdadeiras e atualizadas.

Latest posts by Katy Castro (see all)

6 ideias sobre “Amamentação, tudo o que não te contaram (Parte 1)

  1. Ótimo post Katy… Estou a tempos programando um video sobre amamentação maos creio q o melhor e quando Miguel estiver com 6 meses…pois irei fechar o ciclo q tanto queria des de sempre …amamentação exclusiva até os 6 meses… Muitas namaes assim como eu por não conseguir amamentar nos primeiros dias podem introduzir o la, porem tive uma madrinha de leiteee rsrs do miguel…você…obrigada…PoR isso meu video sobre amamentação tem q começar por VC…rsrs bjaooo

  2. ownnnnnnnnnnn nossa Dara, fico muito feliz mesmo!!! Sei que muitas mães têm problemas no início e eu gostaria de poder estar perto de pelo menos algumas para ajudar. Quem sabe um dia eu ainda não trabalho com isso?!

  3. Pingback: Como amamentar - Amamentação Parte 2 - Doce como Mel

  4. Pingback: Amamentação parte 3 - Dores na amamentação - Doce como Mel

  5. Pingback: Alimentos sólidos para o bebê de 6 meses - Doce como Mel

  6. Pingback: 10 coisas que fazem o bebê chorar - Doce como Mel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.