Amamentação parte 3 – Dores na amamentação

amamentaçãoFinalmente vamos chegar ao terceiro e último post dessa série sobre Amamentação. O assunto é realmente muito extenso e apesar de amamentar ser muito bom, tem suas dificuldades principalmente no início e para quem nunca amamentou.

No primeiro texto, veja aqui, eu falei sobre o porque de a amamentação ser mais difícil quando o parto é cesariana, falei das mamães que não têm leite ou têm pouco leite, tem um vídeo bem legal lá sobre como usar a bombinha para tirar leite, falei das mamães que acham que tem o leite fraco e que os bebês estão ficando com fome. Vale a pena conferir: Amamentação parte 1.

Já no segundo texto, veja aqui, eu falei sobre como aumentar o leite, como fazer o bebê mamar, como fazer o bebê pegar o peito direitinho, e várias dicas práticas legais. Amamentação parte 2.

Hoje vou falar de como evitar as dores e fissuras nos seios, como lidar com o excesso de leite e com o bebê que mesmo mamando parece estar sempre com fome.

Amamentação sem dor

A dor na hora da amamentação é muito comum, pelo menos quando é o primeiro filho. Algumas mulheres chegam a ter rachaduras e fissuras no bico do peito e até na aréola, em alguns caso há até sangramento e algumas mamães acham que é o bebê quem está sangrando.

Preparação para a amamentação durante a gravidez

Existem algumas formas de amenizar isso, você precisa começar a se preparar antes de o bebê nascer. Primeiramente, se você tiver um local em que você possa pegar sol nas aréolas, faça isso. Você não precisa ir a praia para isso, acho até que você não vai querer fazer topless nessa fase da sua vida, mas um simples raio de sol que entre na sua sala é suficiente, tente pegar pelo menos meia hora de sol na aréola, aplique protetor solar apenas fora da aréola, ela precisa ser exposta sem proteção.

Algo que você também pode fazer é usar uma esponja para lavar a aréola, esfregue mesmo, na medida do possível. Aquela bucha vegetal é ótima para isso, mas acredito que você não vá conseguir usá-la, pelo menos não no início, então comece usando aquelas esponjinhas de dar banho em bebê, assim olha:

amamentação aleitamento maternoEsfregue o mais forte que você suportar, a ideia é deixar o bico e a aréola mais resistentes. Depois de se acostumar com essa esponja, passe a usar a esponja de banho comum e faça a mesma coisa, tente esfregar o máximo que conseguir, a esponja de banho que digo é essa:

amamentação como amamentar

Se você conseguir, passe então para a bucha vegetal, mas acho muito pouco provável que consiga já que ela é muito grossa e o seio é muito sensível, mas se conseguir, melhor.

Existe uma preparação que não é exatamente para evitar a dor, mas que vai ajudar muito principalmente as mamães que não tem bico muito grande. Você pode usar as conchas ou bicos de silicone, eles ajudam a dar mais formato ao bico e a colocar para fora quem tiver o bico invertido.

Antes de o bebê nascer, essas são as únicas duas formas que conheço de você se preparar para a amamentação.

Como amenizar as dores da amamentação

Geralmente os bebês não mamam muita quantidade de leite nos primeiros dias de vida porque eles têm o estômago muito pequenininho, então você pode oferecer um seio a cada mamada. Isso vai ajudar muito porque você vai dar um descanso maior aos seios.

Você também deve usar uma pomada, eu usei a Bepantol nos meus seios apesar de usar a Hipoglós nas trocas de fraldas da Mel. Acontece que a primeira é mais macia e fácil de retirar, e você vai precisar remover antes de dar o peito ao bebê.

A utilização dessas pomadas ajuda muito a amamentação e se você conseguir combinar com a alternância dos seios a cada mamada, melhor ainda porque você vai dar um descanso ao seio e deixá-lo com a pomada por umas cinco horas seguidas.

Mas a utilização da pomada só é necessária enquanto você está no colostro, depois que o leite desce tudo muda, basta que você, ao final da amamentação, aperte um pouquinho o seio e espalhe no bico e na aréola um pouquinho do leite que sair. Além de o leite ter um poder de cicatrização sinistro, você não vai precisar ficar limpando o bico antes de o bebê mamar de novo, afinal para quem já está com o seio dolorido ainda ter que ficar limpando é uma droga.

Quando você chegar nessa fase, comemore, as dores estão muito perto de acabar.

Excesso de leite na amamentação

Você pode pensar assim: “Por que isso seria um problema?”. Realmente, ter muito leite é uma bênção e você pode inclusive doar. Mas acontece que o leite é formado por duas partes (algumas pessoas dizem três, mas como eu só conheço duas então vou falar só dessas duas).

No início o leite é rico em água, proteínas e algumas vitaminas e minerais, já no final o leite é rico em gordura e é esse final que vai deixar o seu bebê satisfeito, é esse final que vai matar a fome do seu bebê. Agora imagine você tendo muito leite e o seu bebê mamando até encher o estômago, mas não chegando à fase da gordura?

É isso que acontece na amamentação quando há excesso de leite, então o bebê mama, mama, mama, mas está sempre com fome e estressado, aí você fica pensando que o seu leite é fraco e as pessoas mais desinformadas ficam enchendo a sua cabeça para você dar leite artificial, NÃO FAÇA ISSO!

Você vai precisar fazer o seguinte: tire o leite do início com a ordenha manual ou com a bombinha (no texto Amamentação parte 1, você encontra um vídeo de como usar a bombinha) e quando o leite começar a sair mais grosso e mais branco ofereça ao bebê.

Você vai me perguntar: vou fazer isso para sempre? Não! Em breve seu bebê vai passar a mamar mais ou a mamar os dois seios, e quando isso acontecer, você vai passar a oferecer primeiro o seio que ele parou na última mamada, ou seja, se ele mamou o peito direito depois o peito esquerdo, na próxima mamada ele vai começar pelo esquerdo, assim ele vai pegar a gordura que “sobrou” da outra mamada.

Esse texto ficou gigante também, mas não quis parar para não ter um quarto texto. Espero que vocês tenham gostado dos textos sobre amamentação. Se tiverem dúvidas, deixa um comentário e sempre compartilha essas informações com as suas amigas, elas podem ajudar muita gente. Veja abaixo os 2 textos anteriores:

Amamentação parte 1

Amamentação parte 2

Assine o feed do Doce como Mel e receba no seu email as novas postagens!

The following two tabs change content below.
Mãe em tempo integral da Mel. Escrevo há dois anos sobre maternidade, cabelos cacheados, saúde, emagrecimento, turismo e tudo o que pode te ajudar a viver melhor. Sempre com informações verdadeiras e atualizadas.

Latest posts by Katy Castro (see all)

4 ideias sobre “Amamentação parte 3 – Dores na amamentação

  1. Pingback: Amamentação, tudo o que não te contaram (Parte 1) - Doce como Mel

  2. Pingback: Como amamentar - Amamentação Parte 2 - Doce como Mel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.