Alimentação na gravidez, o que a grávida pode comer

Muitas mulheres passam a vida fazendo dieta e quando engravidam acham que essa vai ser um folga de 9 meses para enfiar o pé na jaca e encher a cara de besteira. Mas eu já te adianto que é totalmente o contrário, agora a atenção é redobrada e a conversinha mole de que grávida tem que comer por dois é papo furado.

Se você já se alimentava de forma saudável, sua adaptação a alimentação na gravidez vai ser bem mais fácil, provável que tenha que ajustar poucas coisas, já se você é do tipo que, das 6 refeições do dia, 7 são besteiras, para tudo que agora não pode mais. E também não venha encher a cabeça do papai com desejos malucos de comer um quilo de chocolate ou uma lata de leite condensando.

Não é que o desejo seja besteira, vou até falar dele em outro post, é que se ele não for saudável, você não pode ceder a essa vontade, e pode ficar tranquila que seu filho não vai nascer com cara de lata de leite condensado.

Como deve ser a alimentação na gravidez

alimentação na gravidez

Sua alimentação a partir de agora deve ser rica em fibras e você não pode deixar de comer frutas, legumes e verduras, a carne tem que ser muito bem passada e sem gordura, nada de excesso de sal e nem pode também comer muitos doces, a alimentação na gravidez deve ser saudável.

O que a grávida não pode comer

Existem alguns alimentos que devem ser evitados durante a gravidez, não é que sejam proibidos, mas eles têm uma tendência a fazer mal à saúde da mãe ou do bebê.

  • Carnes mal passadas: não é que toda carne mal passada está necessariamente contaminada com a toxoplasmose, mas é que a chance de você ter contato com essa doença comendo carne mal passada é maior que se você comer a carne bem passada. Essas carnes incluem de vaca, frango ou peixe, então nada de comer peixe cru naquele restaurante japonês que você adora.
  • Ovo com a gema mole: o caso é o mesmo do da carne, é bom evitar o risco.
  • Café: as bebidas com cafeína aceleram o batimento cardíaco, mas a mulher durante a gestação já fica com os batimentos mais acelerados naturalmente, então se você tomar muito café durante a gestação, a chance de sua pressão arterial subir é maior, então evite ao máximo tomar café.
  • Chá: Alguns possuem cafeína, outros têm fama de abortivos, alguns acalmam demais. Evite os chás, principalmente aqueles cujo efeito você não conhece.
  • Alimentos com muitos conservantes: durante a gestação você fica mais sensível, inclusive pode desencadear uma alergia que nunca teve então evite os alimentos industrializados em geral.
  • Sódio: Citei esse na sequência porque os alimentos com muitos conservantes também costumam levar muito sódio e esse deve ficar fora da alimentação na gravidez também porque eleva a pressão. Não se esqueça de que os alimentos ricos em sal estão nesse grupo, então nada de carregar no sal.
  • Refrigerantes zero ou light: você já deve ter ouvido falar que esses são piores para a saúde do que os refrigerantes comum, não é mesmo?! E isso é a mais pura verdade, eles são ricos em sódio e possuem adoçantes que são contraindicados durante a gravidez. Os refrigerantes comuns também devem ser consumidos com moderação por ter excesso de açúcar. Falarei dos adoçantes e do excesso de açúcar abaixo.
  • Adoçantes que não sejam a base de sucralose: todos os adoçantes que não seja a base de sucralose devem ficar fora da alimentação na gravidez. Muito já são comprovadamente prejudiciais ao desenvolvimento do bebê, outros não se sabe ao certo sobre as consequências então é melhor evitar.
  • Excesso de açúcar: além de engordar, o excesso de açúcar na alimentação na gravidez pode causar diabetes gestacional. Essa é uma doença perigosa e vou falar especificamente dela em outro post.
  • Excesso de pimenta: a alimentação na gravidez tem esses detalhes porque a mulher fica muito mais sensível, inclusive a circulação sanguínea fica alterada, podendo ocorrer varizes, então se você exagerar na pimenta, pode vir a ter hemorroidas.
  • Bebidas alcoólicas: apesar de achar que é desnecessário falar, afinal todo mundo sabe que elas fazem mal, coloquei por desencargo de consciência. Meninas, nada de cervejinha no final de semana, vinho antes de dormir, aquela cachacinha artesanal, um Ice para refrescar, nada! Não pode consumir bebida alcoólica durante a gestação.

Espero que esse artigo tenha tirado todas as suas dúvidas. Agora eu vou indicar para vocês um curso bem completo explicando tudinho sobre a alimentação na gravidez, ele é bem baratinho e super vale a pena já que ele tem vídeos, slides, tudo para que você não tenha dúvidas nessa fase!

Basta você clicar nesse link abaixo e será redirecionada para a página do curso:

Curso de Orientação Nutricional para Gestantes

 

Abaixo seguem alguns textos do Doce como Mel que você também pode gostar:

Exames de Pré-natal

Ácido fólico e sua importância na gravidez

Quais são os sintomas da Gravidez

The following two tabs change content below.

2 ideias sobre “Alimentação na gravidez, o que a grávida pode comer

  1. Pingback: Gripe na Gravidez - Doce como Mel

  2. Pingback: Amamentação, tudo o que não te contaram (Parte 1) - Doce como Mel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.